Quinta-feira, 22 de Junho de 2006

Mar me quer

Na senda dos últimos posts da Luísa , deixo aqui um excerto do que penso ser uma deliciosa prosa poética,  para  que, naqueles dias de verão em que a canícula aperta, acolhidos a uma boa sombra possamos descontrair.

..."Sou feliz só por preguiça. A infelicidade d dá uma trabalheira pior que a doença: é preciso entrar e sair dela, afastar os que nos querem consolar , aceitar os pêsames por uma porção da alma que nem chegou a falecer.

-Levanta, ó dono das preguiças.

É o mando de minha vizinha, a mulata Dona Luarmina .

Eu respondo:

-Preguiçoso? Eu ando é a embranquecer as palmas das mãos.

-Conversa de malandro...

-Sabe uma coisa, Dona Luarmina ? O trabalho é que escureceu o pobre do preto. E, afora isso, eu só presto para viver...

Ela ri com aquele modo apagado dela. A gorda Luarmina sorri só para dar rosto à tristeza.

-Você, Zeca Perpétuo, até parece mulher...

-Mulher, eu?

-Sim, mulher é que senta em esteira. você é o único homem que eu vi sentar na esteira.

-Que quer, vizinha? Cadeira não d à jeito para dormir.

Ela se afasta, pesada como pelicano, abanando a cabeça. Minha vizinha reclama não haver homem com miolo tão miúdo como eu. Diz que nunca viu pescador deixar escapar tanta maré.

- Mas você, Zeca: é que nem faz ideia da vida.

- A vida, D. Luarmina ? A vida é tão simples que ninguém a entende. É como dizia meu avô Celestiano sobre pensarmos Deus ou - não Deus...

Além disso, pensar traz muita pedra e pouco caminho. por isso eu, reformado do mar o que me resta fazer? Dispensado de pescar, me dispenso de pensar. aprendi. Aprendi nos muitos anos de pescaria: o tempo anda por ondas. a gente tem é que ficar levezinho e sempre apanha boleia numa dessas ondeações .

- Não é verdade, dona Luarmina ? A senhora sabe essas línguas da nossa gente. Me diga, minha Dona: qual é a palavra para dizer futuro?

Sim, como se diz futuro? Não se diz, na língua deste lugar de África . Sim, porque futuro é uma coisa que existindo nunca chega a haver. então eu me suficiento do actual presente. Basta.

...."

Para saber o resto da "estória", só lendo:

 "Mar me quer", de Mia Couto, edições Caminho

Ilustrações João Nasi Pereira

 

publicado por jo às 16:39

link do post | comentar | favorito
|
20 comentários:
De Praia da Claridade a 22 de Junho de 2006 às 22:58
Realmente "deliciosa prosa poética" para aproveitar e continuar a ler...
Mas, dizia o Zeca: "A vida é tão simples que ninguém a entende"...
Neste aspecto, não estou bem de acordo.... porque a vida é bastante complicada !...
Também pode haver outra opinião: nós e que a fazemos complicada...
Mas mesmo assim ela prega-nos cada partida que não é por a fazermos complicada que muitas vezes entramos em situação de tristeza, de dor, de sofrimento...
Resta-nos tentar ultrapassar esses "espinhos" que nos atingem, e continuar aproveitando sempre, da melhor forma, o dia seguinte... com FÉ !....
De paragembreve a 23 de Junho de 2006 às 00:07
Simplesmente deliciosa, esta prosinha! Também sou feliz por preguiça, acho... Adorei :)
De mixtu a 23 de Junho de 2006 às 00:16
pois, aqui estou a descobrir Mia couto
besitos
De catarina a 23 de Junho de 2006 às 01:38
Adoro esse escritor :):) as palavras da escrita dele tens sons, cor, cheiro e vida propria!

Bjtos grandes

De PDivulg a 23 de Junho de 2006 às 09:15
Bonitas ilustrações! Bom fim de semana!
De soaresesilva a 23 de Junho de 2006 às 12:57
Já li algunas coisas do Mia Couto e acho as suas histórias uma delícia. Identifico-me um pouco com este Zeda: há momentos na nossa vida é que apetece não fazer nada, não pensar em nada, simplesmente preguiçar...Ilustrações a primor!
De navegante a 23 de Junho de 2006 às 15:26
oi boa tarde gostei mto do teu texto desejo te um bom fim de semana bjo
De Cöllyßry a 23 de Junho de 2006 às 16:52
Bela prosa e com ela a sugestão para quem não conhece…
Desejo de bom fim-de-semana, para as amigas…
Deixo meu doce olhar
Cõllybry

De Quico, Ventor e Pilantras a 23 de Junho de 2006 às 22:34
Mia Couto, um belo representante daquela bela terra que dá por nome - Moçambique! Mesmo natural o diálogo desses dois!
De bitu a 24 de Junho de 2006 às 00:06
Passando rápido para deixar um carinho e desejar um bom fds

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Alenquer

. INVERNO

. Feliz Ano Novo

. ANIVERSÁRIO

. Cinismos de Verão

. NEVOEIROS DE SÃO PEDRO DE...

. COMPENSAÇÃO PERANTE A CRI...

. Homenagem a Rafael Bordal...

. CAPARICA

. Páscoa Feliz

.arquivos

. Junho 2013

. Janeiro 2012

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.links

.A última rosa

----
 
 

.Ecosdotempo



blogs SAPO

.subscrever feeds