Sábado, 13 de Janeiro de 2007

ADEUS


Georges Barbier

 

Num fim de tarde de Outono,
em que as sombras de tornam mais esguias e mais distantes,
vi o teu braço erguer-se, ao longe, num adeus enfático.
E a minha mão cansada levantou-se a medo
para corresponder à tua saudação.
Amanhã,
quando a distância tiver separado
o braço da mão
e, em meu coração,
tiver nascido a dúvida cruel;
estou seguro que, em teu espírito,
surgirá, forte, uma certeza -
ficando, partiste.
E eu? Partindo, terei eu ficado?

Luis Leal in Margens

publicado por soaresesilva às 16:14

link do post | comentar | favorito
|
17 comentários:
De Chicailheu a 14 de Janeiro de 2007 às 10:51
Muito lindo e triste...como é sempre o ADEUS!
Gostei muito.
Bom Domingo.
Bjs.
Chicailheu
De Maria a 14 de Janeiro de 2007 às 18:01
Peço desculpa pela ausência! Uma boa semana! Gostei do poema! Beijinho.
De Maria Elisa a 14 de Janeiro de 2007 às 19:03
Gostei do poema Luisa!..Como sempre gosto de poemas,mas este lindo e triste,pois o Adeus a alguém é sempre triste,ontem não tive tempo de correr os BLOGS dos amigos,mas hoje aqui estou edesejar boa continuação,com saúde e amizade.
BSJ.
Maria Elisa
De APC a 14 de Janeiro de 2007 às 19:35
Olá! :-)
Vim aqui hoje deixar claro que o meu "adeus" [que oportuno] repentino teve que o ser, mas que tentarei vir aqui muitas e muitas vezes, tantas quantas puder.
É que, também eu, mesmo "partindo" terei ficado. E vocês ficaram-me, certamente. Muito obrigada.
Um grande abraço.
De mary90 a 14 de Janeiro de 2007 às 20:08
Bonito poema.
É sempre triste dizer adeus a alguém...
Boa semana.
E até breve, porque mesmo com o meu pouco tempo não me esqueço dos amigos.

Beijocas

De Daniela Mann a 14 de Janeiro de 2007 às 21:42
As partidas são sempre tristes, muito embora representem o começo de um novo ciclo!
Beijinhos Luisa
De Ana S a 15 de Janeiro de 2007 às 10:57
Quando parte alguem que amamos, o nosso coração deixa de ser inteiro. Restam as lembranças.
De Quico, Ventor e Pilantras a 15 de Janeiro de 2007 às 20:11
Há sempre quem parta e há sempre quem fique. E entre os que partem e os que ficam, há também sempre os que nunca estão ausentes. «Eu não sei se partindo ficarei se ficando partirei»
Mas eu sei que ausente não estarei!
Vida de gato! Bjs.
De ZezinhoMota a 15 de Janeiro de 2007 às 21:31
Lindas palavras, não interessa quem é o autor; interessa é que ao escolhermos estamos a mostrar que os nossos senstimentos são sentidos.

Boa semana.

ZezinhoMota

zezinhodamota@gmail.com
http://zezinhomota.blogspot.com
http://zezinhomota.blogs.simplesnet.pt

De Praia da Claridade a 16 de Janeiro de 2007 às 21:20
O ADEUS que muitas vezes faz soltar umas lágrimas e entristecer o coração...
De Jorge G a 16 de Janeiro de 2007 às 22:56
Confesso a minha ignorância em relação ao autor do poema.
É um poema intimista, apostaria que escrito por um jovem que ainda há-de ler muitos mais poemas e fazer também muitos mais. Para mim, tem valor!

Um abraço.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Alenquer

. INVERNO

. Feliz Ano Novo

. ANIVERSÁRIO

. Cinismos de Verão

. NEVOEIROS DE SÃO PEDRO DE...

. COMPENSAÇÃO PERANTE A CRI...

. Homenagem a Rafael Bordal...

. CAPARICA

. Páscoa Feliz

.arquivos

. Junho 2013

. Janeiro 2012

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.links

.A última rosa

----
 
 

.Ecosdotempo



blogs SAPO

.subscrever feeds