Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2007

O AMOR É CEGO


Diana e Cupido - óleo de Pompeo Batoni

"...O amor é capaz de converter as coisas mais baixas e vis, sem qualquer valor, em coisas dignas e elevadas. O amor não vê com os olhos, mas sim com a alma, e por isso pintaram cego o alado Cupido. Nem o Amor revelou alguma vez discernimento. Cego e alado é emblema da sua imprudente  impetuosidade: diz-se que o amor é como uma criança, porque na sua escolha erra frequentemente. Tal como os rapazes traquinas que a brincar negam as suas faltas, assim mente o Amor...."

Shakespeare
Sonho de Uma Noite de Verão
Fala de Helena - Cena I - Primeiro acto 

publicado por soaresesilva às 00:18

link do post | comentar | favorito
|
21 comentários:
De Dalva a 22 de Fevereiro de 2007 às 01:11
Meninas.....
pois o texto diz tudo.. rs ... comentar o que..?
por aqui acrescentamos:
o amor é cego.. surdo...mudo e por aí vamos detalhando!
Ahh...mas como sao mágicos estes momentos de amor!
beijinhos......e boa semana!
De maripossa a 22 de Fevereiro de 2007 às 17:01
Olha Luísa!..Como diz o velho ditado(Amor é Louco não façam pouco dessa loucura)pois sempre ele o é louco,pois nada vê mau e depois muitas vezes vem as consequências,dessa loucura mas o AMOR sempre é bom mesmo louco,eu acredito nesses momentos.
Beijo amiga Elisa
Maripossa e sempre apaixonada
De Mary90 a 22 de Fevereiro de 2007 às 23:21
Boa noite, Luísa.
Eu sempre ouvi dizer que o amor é cego...
Há pessoas que quando estão apaixonadas ficam sem ver nada, tudo o que é demais é mau.
Mas para mim o amor é uma coisa maravilhosa, usado na dose certa.
A vida sem amor é como um jardim sem flores.
Beijocas.
De Praia da Claridade a 23 de Fevereiro de 2007 às 01:24
"O amor é um mestre admirável que nos ensina a sermos o que nunca fomos; e, muitas vezes, com as suas lições, muda completamente, num instante, os nossos costumes." (Molière)
Um bom fim de semana.
De Ana S a 23 de Fevereiro de 2007 às 11:33
Não sei se o amor é assim tão cego.. O que acontece é que quem ama precisa acreditar que os defeitos são qualidades.
Disse uma vez um brasileiro: "se o amor é cego a solução é apalpar" lol
Bom fim de semana
De Mary a 23 de Fevereiro de 2007 às 11:36
always inspiring Luisa! love love love!
and yes Aquilino is not easy to read I have to keep reading over and over :)
bj
good weekend
Mary
De Sindarin a 23 de Fevereiro de 2007 às 14:35
Olá minha amiga! Shakespeare esse grande mestre. Concordo plenamente com ele quando diz:
"O amor é capaz de converter as coisas mais baixas e vis, sem qualquer valor, em coisas dignas e elevadas", mas será tb isto um desafio pois através do verdadeiro amor se pode transformar em algo belo e bom o que era vil e desprezível. Quanto às crianças erram mtas vezes mas são seres duma beleza ímpar a quem o facto de ensinarmos coisas boas e a serem bons seres humanos é por si só obra para a vida inteira.Um GRANDE escritor. Gosto mto de o ler e ver interpretar. Adorei o post está espectacular!!! Deixo um beijinho enorme cheio de amizade e um agradecimento grande pela amizade. Bom fim semana.
De Jofre Alves a 23 de Fevereiro de 2007 às 18:48
O amor e a Primavera de braço dado, num blogue que anda sempre abraçado com o mais fino prazer e sentimento. Uma vida sem amor – filial, por outrem, paternal, por uma terra, por... – é com um deserto imenso, seco e árido, a perder de vista... Aqui se vê, o porque gosto e aprecio esta página: sensibilidade e bom-gosto. Óptimo fim-de-semana.
De conchitamachado a 23 de Fevereiro de 2007 às 20:01
"O amor é a força mais abstrata e também a mais potente, que há no mundo." (Gandhi)

Adorei o post!
Beijinho
De Jorge G - O Sino da Aldeia a 23 de Fevereiro de 2007 às 22:43
Shakespeare foi um homem do seu tempo, o séc. XVI e princípios do XVII.
Neste excerto, podem ler-se alguns aspectos auto biográficos. Repare-se que dos Sonetos escritos, 26 são dirigidos à sua "dark lady", enquanto que 126 o são a um tal "Fair Lord", como se lhe referia Shakespeare, que era um jovem tido como possuidor de rara beleza e a quem o poeta e dramaturgo devotava grande afeição.
Casado um pouco à pressa, pois a mulher, Anne Hathaway, estaria já grávida de 3 meses da primeira filha.Teve mais dois, antes de se separar ao fim de 3 anos de casamento e, então, rumar a Londres.

Refiro estes dados da vida de shakespeare pois me parecem importantes quando se faz uma exegese da sua obra.
Mas que foi Grande, isso nem se discute!

Um abraço.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Alenquer

. INVERNO

. Feliz Ano Novo

. ANIVERSÁRIO

. Cinismos de Verão

. NEVOEIROS DE SÃO PEDRO DE...

. COMPENSAÇÃO PERANTE A CRI...

. Homenagem a Rafael Bordal...

. CAPARICA

. Páscoa Feliz

.arquivos

. Junho 2013

. Janeiro 2012

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.links

.A última rosa

----
 
 

.Ecosdotempo



blogs SAPO

.subscrever feeds