Quarta-feira, 13 de Junho de 2007

SANTO ANTÓNIO

 


A oração  mais antiga que se conhece - sec. XIII - dirigida a Santo António

 

 

Responso a Santo António

 

Se milagres desejais, recorrei a Santo António
Vereis fugir o demónio e as tentações infernais.


Recupera-se o perdido.
Rompe-se a dura prisão,
E no auge do furacão cede o mar embravecido.

Pela sua intercessão, foge a peste, o erro, a morte,

O fraco torna-se forte, e torna-se o enfermo são.

Todos os males humanos se moderam, se retiram,
Digam-no aqueles que o viram, e digam-no os paduanos.

.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.

.

Rogai por nós, bem-aventurado António
Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

 

 

 Nota: Este Responso rezava-se muito em casa dos meus Avós quando queriam que alguém ou um objecto despararecidos voltassem ao seu lugar

publicado por soaresesilva às 01:37

link do post | comentar | favorito
|
38 comentários:
De Menina do Rio a 13 de Junho de 2007 às 15:25
Não sei em Portugal, mas cá pra nós Santo Antonio é o santo casamenteiro!

beijos
De maripossa a 13 de Junho de 2007 às 17:13
Amiga Luísa. Olha eu sei que os antigos faziam este responso, pois a minha avó sabia fazer isto e dava sempre certo, muitas pessoas de idade o faziam uma vez na Praia perdi um anel de valor e já tinha-mos batido a areia toda uma senhora de idade que lá se encontrava, fez e disse ele vai aparecer!..E não é que apareceu. Amiga é bom saber que certas coisas não esquecem nunca. Beijinho fica bem com amizade maripossa
De Maria a 13 de Junho de 2007 às 17:29
Amiga Luisa que coincidência também se rezava na casa dos meus avós. A mãe seguiu a mesma fé! Beijinho.
De Anónimo a 13 de Junho de 2007 às 22:16
Ainda hoje rezo o responso a Santo António. Gosto!
Milú
De mariavaladas a 14 de Junho de 2007 às 01:35
Tenho em casa, essa oração a Stº António...e em muitas situações da minha vida e dos meus familiares...recorro a ela!

Obrigada, por a postares aqui...

Beijinhos da

Maria
De Paola Vannucci a 14 de Junho de 2007 às 01:56
Amiga,

saudades de vir aqui,

tudo bem com vc?

grande beijo

tentei me atualizar o máximo venha me ver tá

super beijo

Paola
De Jorge G - O Sino da Aldeia a 14 de Junho de 2007 às 19:52
Eheheheh!...

confirmo em absoluto as tuas palavras. talvez faça confusão amuita gente, sobretudo aos mais novos, mas era prática corrente rezar-se responsos.
E este, para que aparecesse o que não se encontrava, era profusamente usado. E parece que até dava resultado... o que tem, para mim, imensa graça mas nada mais do que isso.
São as tradições, usos e costumes, crenças e crendices que todos os povos sempre tiveram.

Gostei, fugiu do habitual nestes dias, e acrescentou conhecimento ou agitou a poeira das memórias, como foi o meu caso.

Um abraço.
De Ana S a 14 de Junho de 2007 às 19:55
Olá!
Muito giro esse responso. Vou usa-lo da proxima vez que perder alguma coisa :)
De Ventor a 15 de Junho de 2007 às 09:09
O Responso de S. António, também era lido em Adrão, pelo menos, quando eu era pequeno e corria os montes à procura de alguma vaca que me faltava. Corria direito a casa de uma velhota que nem as couves podia colocar no pote antes de me ler esse responso para que o S. António se encarregasse de me trazer a vaca para casa. Isso acontecia mais quando me faltava um vitela que os lobos podiam trucidar num ápice. Não haviam couves no pote antes do responso. Ventor, senta aí que eu peço já ao S. António pela tua vitelinha. E não é que eu acreditava! Bjs.
De mixtu a 15 de Junho de 2007 às 09:48
responso...
por acaso perdi algo, ou melhor... não encontro algo... vou fazer um ao St antónio de lisboa ou de pádua

abrazo europeu

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Alenquer

. INVERNO

. Feliz Ano Novo

. ANIVERSÁRIO

. Cinismos de Verão

. NEVOEIROS DE SÃO PEDRO DE...

. COMPENSAÇÃO PERANTE A CRI...

. Homenagem a Rafael Bordal...

. CAPARICA

. Páscoa Feliz

.arquivos

. Junho 2013

. Janeiro 2012

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.links

.A última rosa

----
 
 

.Ecosdotempo



blogs SAPO

.subscrever feeds