Quarta-feira, 15 de Agosto de 2007

REBECA

Manderley - Foto da Net

Não acredito que haja alguém que não tenha lido este livro de Daphne du Maurier ou, pelo menos, visto uma das inúmeras versões de filmes que se fizeram baseados nesta obra. É um misto de romance de amor e história policial, que alia ao suspense um fino gosto estilístico e uma apurada penetração psicológica.

 

Um pequeno extracto para relembrar:

 


Redodendros - Foto da Net

 

"De súbito, uma clareira na massa escura, um pedaço de céu, e as árvores negras começaram a escassear, os arbustos anónimos desapareceram - e de um e outro lado vi estender-se uma muralha colorida, rubra como o sangue, mais alta que as nossas cabeças. Eram os rododendros. Surpreendente, aquilo, chocante mesmo, na sua inesperada aparição. Os bosques não me haviam preparado para a cena. Assustou-me o perfil rubro dos rododendros, apertados uns contra os outros, em profusão incrível, sem mostrar uma folha, um rebento, nada a não ser o vermelho agressivo, perfumado, fantástico, absolutamente diferente do de outros rododendros que vira antes."

 

publicado por soaresesilva às 00:28

link do post | comentar | favorito
|
21 comentários:
De Cöllyßry a 15 de Agosto de 2007 às 01:23
Já á bastante...foi bom relembrar...

Doce beijo
De maripossa a 15 de Agosto de 2007 às 16:00
Amiga Luísa . Sempre bom lembrar, pois vi este filme já a muito tempo, mas gostei de avivar memórias.Beijinho de amizademaripossa
De ROSA DOS VENTOS a 15 de Agosto de 2007 às 18:41
Luísa:

Muito obrigada pela sua visita ao nosso humilde blog. Continuaremos a nos encontrar nos Ecos, porto de abrigo, de toda a Ala dos Namorados.

Rosa dos Ventos
De Jorge G - O Sino da Aldeia a 15 de Agosto de 2007 às 20:03
Um livro bastante bem aproveitado pelo cinema,
com todos os ingredientes para agradar a um público ávido de emoções.

Só uma pergunta: O que é "peneração"? Terá sido falha na dactilografia ou é ignorância minha?

Boas memórias me trouxeste, Luísa.

Um abraço.
De Ana S a 16 de Agosto de 2007 às 20:14
Confesso que o nome não me é estranho mas assim de repente...não estou a ver lol
De Amita a 16 de Agosto de 2007 às 21:40
Luísa, as tuas escolhas são maravilhosas e muito mais dizem do que a mera tradução das palavras.
Neste caso confesso não me recordar deste excerto, embora sinta que o livro não me é completamente estranho.
É sempre uma agradável surpresa passar por aqui.
Um bjinho e um lindo fim-de-semana que rapidamente se aproxima
De flipar a 16 de Agosto de 2007 às 23:23
Ola voltei, há um ano atrás eu tinha o blog andreiaa...lembras-te ? Poie é voltei pois gosto de trocar ideias , pois é uma maneira de aprender com as ideias ou com a experiencia dos outros . Gostava de te receber nos meus blogs . Fico á tua espera ....até lá beijinhos
De rui pestana a 17 de Agosto de 2007 às 09:40
Olá Luísa

Já li o livro à alguns anos, e não me lembrava desta cena dos redodendros.
Gostei de a rever.

Beijinhos
De maripossa a 17 de Agosto de 2007 às 17:48
Amiga Luísa. Olha passei para te desejar um bom fim semana,com amizademaripossa
De micas a 17 de Agosto de 2007 às 20:39
Um livro que considero ter todos os ingredientes, completo. Confeso que nunca vi a versão em filme. Foi bom lembrar.
Beijinho
De Manuel a 19 de Agosto de 2007 às 13:43
Olá.
De certeza que o livro já me esteve nas mãos. Mas não o li (pela lógica não o comprei). De qualquer forma, não se pode ler tudo.
Fica bem.
Felicidades.
Manuel
De sophiamar a 20 de Agosto de 2007 às 17:34
Um livro que foi muito bem adaptado ao cinema. Foi bom recordar.
Beijinhos

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Alenquer

. INVERNO

. Feliz Ano Novo

. ANIVERSÁRIO

. Cinismos de Verão

. NEVOEIROS DE SÃO PEDRO DE...

. COMPENSAÇÃO PERANTE A CRI...

. Homenagem a Rafael Bordal...

. CAPARICA

. Páscoa Feliz

.arquivos

. Junho 2013

. Janeiro 2012

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.links

.A última rosa

----
 
 

.Ecosdotempo



blogs SAPO

.subscrever feeds