Segunda-feira, 3 de Setembro de 2007

Imortalidade

 

A glória é o maior

de entre todos os bens da vida.

Quando o corpo já é pó,

o nome ilustre vive ainda.

O explendor da sua glória

será imortal nos corações,

porque a vida terrena

desaparece, mas os grandes

mortos vivem sempre.

 

"Schiller"

publicado por jo às 23:34

link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De soaresesilva a 4 de Setembro de 2007 às 13:01
Este lindo quadro ilustra bem o pensamento de Schiller sobre a imortalidade do Homem. Eu acho, porém, que não são só os que alcançaram a glória que serão imortais. Os outros, os que nada fizeram de extraordinário na vida, também viverão sempre nos nossos corações .
De Quico, Ventor e Pilantras a 4 de Setembro de 2007 às 14:04
O Ventor diz-me que são poucos os imortais. Apenas os "guardiões das portas" e poucos mais! Schiller será um deles. E olha que o ventor sabe disto! Bjs.
De bitu a 4 de Setembro de 2007 às 17:42
Glória aos que se vão da lei da morte libertando....gostei mas também gostei de passear convosco por terras algarvias . Quando às marquises...sem comentários...os estrangeiros chegam em busca do nosso sol, da nossa luz....nós fugimos dele...é pena.
Boa semana
De paragembreve a 4 de Setembro de 2007 às 21:36
No longe-perto que é a grande cidade, a Feira da Luz diz-te alguma coisa? É mesmo ao lado...Boa semana!
De ediney a 4 de Setembro de 2007 às 22:22
adorei este poema: os mortos vivem para sempre..os grandes mortes
De Quico, Ventor e Pilantras a 5 de Setembro de 2007 às 08:47
Obrigado pela dica. Eu também não gosto dessas letrinhas do anti-spam, mas o tempo é pouco e ainda não me tinha passado pela cabeça removê-las. São realmente uma chatice!
Parabéns pelos aninhos da tua mãe. Só falta meio! A minha se fosse viva também andaria por essa idade. Infelizmente, arranjou umas sapatilhas novas e ... partiu mais cedo. E não te esqueças que, seja no que for, a inversa também pode ser verdadeira. Não leste a história do meu amigo Lumi que o Quico contou. Bjs.
De kalinka a 5 de Setembro de 2007 às 13:55
OLÁ LUISA
...eu não queria ser imortal, mas...andar por cá mais alguns bons anos para poder ver os meus netos adultos. Que bom seria!!!

Estou muito feliz pela ideia que tive de escrever o Alfabeto da minha Vida. Tenho recebido imensas manifestações de carinho (letra C) e elogios sobre a ideia que tive. São estes miminhos que me deixam motivada para continuar e agradar a todos vós. Ao mesmo tempo, descubro algumas coisas em comum, com pessoas que me visitam. Até ao momento, alguém que vive na COSTA DA CAPARICA achou o máximo ter encontrado uma referência ao lugar onde sempre viveu; depois há as pessoas que são do mesmo signo que eu: CARNEIRO. Um Amigo referiu COLÓNIA pois também esteve lá o ano passado.
BOM, bom foi as pessoas que se identificaram com o COLÉGIO onde estudei, e elas ou alguém das suas famílias também frequentaram o mesmo Colégio, na cidade da Beira.
CEGONHAS - CHUVA – BEIJO – BEIRA - BARBECUE – BÚZIO – ÁFRICA - ARRÁBIDA foram até hoje as palavras mais referidas e comuns de quem me visitou. Outro momento alto foi, na letra A - ANDRÉ – o meu neto, completou o seu 1º ano de Vida.

Beijitos
De kalinka a 6 de Setembro de 2007 às 08:54
OLÁ LUÍSA

ESTOU ADMIRADA ao ler que vais ter ao mês de Novembro, não imagino porquê, nem entendo isso, é estranho.
O que mais me agradou ler é que estás reformada já...espero que não seja por motivos de falta de saúde, porque de outra forma deve ser excelente não ter que trabalhar e ter todo o tempo do Mundo para fazer o que queremos.

Tenho quase a certeza que um dia direi o mesmo que tu: Reformei-me e a primeira coisa que fiz, foi dormir sempre até tarde...Adoro ficar na cama, de manhã; à noite esqueço-me de ir para a cama!!!

Beijitos.
De Quico, Ventor e Pilantras a 6 de Setembro de 2007 às 10:31
Não é nada de especial. É uma pequena "estória" sobre um búfalo a que o Ventor chamou Lumi.
http://ventorfox.no.sapo.pt/page4.htm
Talvez um dia os nossos pequeninos que nos acompanham por aqui venham a gostar de a ler! É terrível, mas é natural!
O Tomás já quer saber onde mora o leão, a águia, a iguana, .... etç.
Um dia terá muitas explicações que eu lhes deixarei porque as ouvi ao Ventor.
Esta história dá-nos a ideia que entre os animais também há famílias e grupos de amigos. E o Ventor tem a certeza de que em muitos deles as famílias e as amizades existem mesmo pela vida fora. Por ex: cães abandonados que não se largam e choram quando separados. E muito mais! Bjs
De Blogue da Magui a 6 de Setembro de 2007 às 22:17
Aqueles que se destacam na sociedade têm o seu nome impresso para sempre na história e são muitas vezes uns monstros que passaram pela Terra.Mas exietem grandes pessoas, homens e mulheres que ninguém sabe e ninguém se lembra deles ou se existiram. Desculpe, mas achei estes versos um horror.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Alenquer

. INVERNO

. Feliz Ano Novo

. ANIVERSÁRIO

. Cinismos de Verão

. NEVOEIROS DE SÃO PEDRO DE...

. COMPENSAÇÃO PERANTE A CRI...

. Homenagem a Rafael Bordal...

. CAPARICA

. Páscoa Feliz

.arquivos

. Junho 2013

. Janeiro 2012

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.links

.A última rosa

----
 
 

.Ecosdotempo



blogs SAPO

.subscrever feeds