Quarta-feira, 7 de Novembro de 2007

DISPERSÃO

Pintura de Maria Helena Vieira da Silva

 

 

De vez em quando releio as poesias de Mário de Sá-Carneiro, um poeta que está um pouco esquecido mas que, para mim, é um dos melhores da nossa literatura.

 

Alguns extractos  do poema Dispersão:

 

Perdi-me dentro de mim
Porque eu era labirinto
E hoje, quando me sinto,
é com sadades de mim.

Passei pela minha vida
Um astro doido a sonhar.
Na ânsia de ultrapassar,
Nem dei pela minha vida...

Para mim é sempre ontem,
Não tenho amanhã nem hoje:
O tempo que aos outros foge
Cai sobre mim feito ontem.

As minhas grandes saudades
São do que nunca enlacei.
Ai, como tenho saudades
Dos sonhos que não sonhei...

 

 

Mário de Sá-Carneiro nasceu em Lisboa, em 19 de Maio de 1890; suicidou-se em Paris, em 26 de de Abril de 1916.

publicado por soaresesilva às 18:23

link do post | comentar | favorito
|
20 comentários:
De Maria Papoila a 7 de Novembro de 2007 às 21:35
Querida Luísa!
"Ai como tenho saudades dos sonhos que não sonhei..."
Beijos
De TiBéu ( Isa) a 7 de Novembro de 2007 às 23:12
Luisa como é bom recordar. E tu vais fazendo a memória vir ao cimo. Belos tempos de mais paz e sossego. Bj amiga
De TiBéu ( Isa) a 8 de Novembro de 2007 às 11:16
Luisa bom dia
Acabei de colocar no meu blog uma brincadeira e gostava de te convidar. bj
De Manuel a 8 de Novembro de 2007 às 16:39
Ai, como tenho saudades
Dos sonhos que não sonhei...
--------------------
Olá.
Passei por aqui, não para comentar, mas para deixar uma saudação. Mas perante um poema como este, fica-se de boca aberta. E quase sem saber o que dizer. É claro que sempre se pode dizer 'qualquer coisa'.
Perante o meu ponto de vista, acho que só podemos ter saudades daquilo que já tivemos. Mas, este poeta, vai além dos limites da nossa imaginação.
Fica bem.
Felicidades.
Manuel


De Meg a 8 de Novembro de 2007 às 19:45
Luisa,
Gostei de ver aqui um dos poemas mais bonitos, para mim claro, do Mário Sá Carneiro.
Pena não ser tão divulgado quanto merece.

Um abraço
De Maria a 8 de Novembro de 2007 às 20:56
Gostei imenso da pintura! O poema é bonito. Amiga eu sonho todos os dias. Um beijo.
De Amita a 9 de Novembro de 2007 às 11:47
Uma beleza de poema com uma pintura condizente.
Do Mário deixo-te um outro poema intitulado "Epígrafe":

"A sala do castelo é deserta e espelhada.

Tenho medo de Mim. Quem sou? De onde cheguei?...
Aqui, tudo já foi... Em sombra estilizada,
A cor morreu - e até o ar é uma ruína...
Vem de Outro tempo a luz que me ilumina -
Um som opaco me dilui em Rei..."

Um bjinho grande e uma flor
De ZezinhoMota a 9 de Novembro de 2007 às 16:08
Venho desejar-te um bom fim de semana.

Bjnhs

ZezinhoMota
De Chicailheu a 9 de Novembro de 2007 às 18:02
Lindo poema de Francisco Sá Carneiro!
É sempre bom recordar os Bons!

Bom fim de semana.
beijinhos
Chicailheu
De Chicailheu a 9 de Novembro de 2007 às 18:04
Venho corrigir, o comentário anterior, pois escrevi Francisco, em vez de Mário!!!

Chicailheu
De Praia da Claridade a 9 de Novembro de 2007 às 21:10
Bonita pintura e um poema que reflete as saudades de alguns momentos da Vida, ela própria é uma passagem, e alguns sonhos do Ser Humano acabam por não se concretizarem.
Bom fim de semana.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Alenquer

. INVERNO

. Feliz Ano Novo

. ANIVERSÁRIO

. Cinismos de Verão

. NEVOEIROS DE SÃO PEDRO DE...

. COMPENSAÇÃO PERANTE A CRI...

. Homenagem a Rafael Bordal...

. CAPARICA

. Páscoa Feliz

.arquivos

. Junho 2013

. Janeiro 2012

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.links

.A última rosa

----
 
 

.Ecosdotempo



blogs SAPO

.subscrever feeds