Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2006

RELÍQUIA


(Quadro de Anna Francone)

Eu tinha um vestido azul
Na noite em que te conheci
Eu tinha um vestido azul
Está agora no fundo da mala
Sob um monte de saudades

publicado por jo às 22:26

link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Anónimo a 20 de Janeiro de 2006 às 16:34
Um vestido, que por ser azul foi promovido a memória de um momento e a sua eternidade soberbamente evocada...ruizocas
(http://bloguesfera.blogs.sapo.pt/)
(mailto:ruizocas@hotmail.com)
De Anónimo a 20 de Janeiro de 2006 às 00:58
Sómente cinco linhas... mas percebe-se perfeitamente que saiem do coração da autora !...Filipe Freitas
(http://topazio1950.blogs.sapo.pt/)
(mailto:aviador51@iol.pt)
De Anónimo a 20 de Janeiro de 2006 às 00:08
É-o, vejo, sinto.Há musicalidade, sensibilidade e uma (des)rima que soa demansinho. Um sentimento contido num tom magoado. Gosto, gosto muito!Sei que sou fraca entendedora, mas entra-me, permanece e por vezes espanto-me, não leve a mal, como uma MULHER, que transparece, por vezes, uma certa austeridade na sua forma de ser, tem tanta doçura quando as alinha nuns versos. Quizera eu ser poeta.......jo
(http://ecosdotempo.blogs.sapo.pt)
(mailto:mjoaojara@sapo.pt)
De Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 23:45
João, não sou poeta mas poetiza (palavra ridícula) é que nunca seria...Luisa
(http://ecosdotempo.blogs.sapo.pt)
(mailto:luisa34@netcabo.pt)
De Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 23:40
Usei poeta como forma maior de poetiza! Será sempre assim, mesmo quando já não houver malas para guardar um vestido azul.jo
(http://ecosdotempo.blogs.sapo.pt)
(mailto:mjoaojara@sapo.pt)
De Anónimo a 19 de Janeiro de 2006 às 23:36
Quando se é poeta não se precisa de roubar as palavras. Azul era seu vestido, mas resplandece ainda na beleza do seu poema. Gosto, gosto sempre!jo
(http://ecosdotempo.blogs.sapo.pt)
(mailto:mjoaojara@sapo.pt)

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Alenquer

. INVERNO

. Feliz Ano Novo

. ANIVERSÁRIO

. Cinismos de Verão

. NEVOEIROS DE SÃO PEDRO DE...

. COMPENSAÇÃO PERANTE A CRI...

. Homenagem a Rafael Bordal...

. CAPARICA

. Páscoa Feliz

.arquivos

. Junho 2013

. Janeiro 2012

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.links

.A última rosa

----
 
 

.Ecosdotempo



blogs SAPO

.subscrever feeds