Sábado, 9 de Agosto de 2008

A GERAÇÃO HI-TECH

 

 

 

 

 

 

A vida diária de uma bruxa

                Hi-tech

 

 

 

No dia1 de Janeiro de 2001 lá estava Nalguma bruxa Dred, á porta de sua casa, o Empire State Building. Max vestia uns ténis beje da Nike com atacadores cor-de-laranja,umas calças da O’neil que lhe passavam por baixo dos ténis,tinha uma t-shirt da Rip Curl e um chapéu da Billabong fechado atrás.

    Era Segunda-feira. A bruxa agarrou no seu computador portátil da Compaq e ligou-o.Quando o computador já estava ligado a bruxa aderiu ao Excel e viu que tinha de ir a França visitar Christian Dior ,um dos melhores costureiros do mundo,porque precisava de roupas novas,  viu também que tinha de preparar uma poção mágica para calar as corujas que viviam por cima da casa da professora de ciências do Colégio Marista de Carcavelos.

      Depois de ter visto quais eram as suas tarefas de Segunda-Feira a bruxa foi á internet e viu que ia estar um óptimo dia sem chuva e por isso decidiu que ia de helicópetero para França.

      Quando chegou a França a bruxa agarrou na sua mota que era uma Harley Davidson e foi até ao meio de Paris onde se encontrava o escritório de Christian. Quando entrou no escritório a bruxa encomendou 5 t-shirts da Billabong, 5 t-shirts da Rip Curl, 3 calças da Resina e 2 do Bana.

    Chegada aos Estados Unidos a bruxa fez a sua poção no micro-ondas e mandou um criado ir aos correios para mandar a poção para Portugal.

     Depois de ter jantado a bruxa foi á internet e alugou um filme para ela ver no seu DVD.Quando lhe entregaram o filme ela dirigiu-se para o quarto e mandou o CD ao ar, como o DVD era no tecto esta era a unica forma de ver um filme.

     Esta é a vida diária da bruxa Hi-Tech ás Segundas –Feiras.

 

 

17 de Abril de 2001                                 

 

 

 

 

 

 

Este foi um texto que encontrei quando eu estava a fazer a limpeza ao meu computador, escrito pelo meu neto mais velho quando tinha uns 12 anos, e achei que tinha graça e humor e  transmite bem o mundo em que vive a nova geração.  

 

 

 

 

 

 

 É por estas e por outras que me sinto VELHA!

 

 

 

 

 

 

 

publicado por jo às 21:51

link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De João a 10 de Agosto de 2008 às 15:24
Dizes bem...estamos a ficar velhos, fico abismado com as novas modernices e maneiras de "viver" da nova juventude, tudo isto num espaço de 20 anos. Como será daqui a outros 20? Nem quero pensar. Depois de um "intervalo" na blogosfera, voltei para lhhe desejar as maiores felicidades.
De Meg a 10 de Agosto de 2008 às 17:27
E o que já mudou de 2001 para cá!
Até parece que não falamos a mesma língua, de avós para netos. Temos de "correr atrás deles". Nada a fazer senão isso.
Boa semana e um abraço
De Magui a 12 de Agosto de 2008 às 18:11
Realmente, mega moderna.
De ZezinhoMota a 12 de Agosto de 2008 às 18:40
Luisa!

Gostei desta história e deu para me fazer sorrir.

Boas férias.

Bjnhs

ZezinhoMota
De soaresesilva a 12 de Agosto de 2008 às 19:28
Que engraçado ter descoberto essa história escrita por um múdo de 12 anos!!!!! Para eles é esta a vida real...Não lhes faz a mais pequena confusão! como os tempos mudaram em tão poucos anos!
De mlourdes a 13 de Agosto de 2008 às 23:39
Não tem que se sentir velha nã senhor!
A atenção que lhe provocou o texto, a sua graça, e o ter reproduzido para que outros o apreciassem não é de quem é velho. Bjs
Milú
De Jofre de Lima Monteiro Alves a 16 de Agosto de 2008 às 16:57
Sou um velho – ainda sem netos, pois foi pai tardio –, mas são estes dedos de prosa que nos fazem sentir bem, pois o futuro é dos jovens e da melhor porção da juventude. Eu, como velhote sou passado – daí escrever sobre História. A prosa é sonhadora, confunde o real com o imaginário numa mistura bem conseguida, com a sua dose de graça e inocência. Boa semana com tudo de bom.
De eduardo a 17 de Agosto de 2008 às 23:08
Olá amiga, tudo bem? Ausente por uns tempos da blogosfera, arranjei um tempinho para regressar ás "lides virtuais" e aqui estou. Achei piada ao texto, sem duvida que nos faz pensar, mas é bom não esquecer os bons(?) tempos de outrora. Os meus foram bem diferentes, mas enfim, é outra história. Saudações amigas.
De oteudoceolhar a 18 de Agosto de 2008 às 13:46
Só lhe falta o hi-phone e o ipood ;) ...neto com imaginação...e claro é por estas e por outras que tb me sinto (a caminhar para), velha ;)...Beijo n´oteudocoelhar ***
De vida de vidro a 19 de Agosto de 2008 às 11:49
Está delicioso o texto! Sem dúvida que está aí um potencial talento para a escrita. :)**

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Alenquer

. INVERNO

. Feliz Ano Novo

. ANIVERSÁRIO

. Cinismos de Verão

. NEVOEIROS DE SÃO PEDRO DE...

. COMPENSAÇÃO PERANTE A CRI...

. Homenagem a Rafael Bordal...

. CAPARICA

. Páscoa Feliz

.arquivos

. Junho 2013

. Janeiro 2012

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.links

.A última rosa

----
 
 

.Ecosdotempo



blogs SAPO

.subscrever feeds