Sexta-feira, 5 de Setembro de 2008

ERGUERÁS AQUI A TUA CASA

 

 

 

 

 

 

 Barbara Skuratowicz Jakubiec

 

 

 

Erguerás aqui a tua casa.

No litoral. De frente para o vento.

Farás a cerca. Guardarás a cabra

que alimente o teu sonho e o teu filho.

 

Escreverás teu nome sobre as praias

onde gaivotas aprendem a sofrer.

Estarás atento. De noite, nos rochedos,

vigiarás o sobressalto das marés.

 

Para que nunca os olhos enlouqueçam

construirás apenas com as mãos

um barco de alegria nunca feito.

 

Assim conhecerás a tua força

e a de um povo que por detrás das dunas

semeia o trigo e colhe tempestades.

 

 

Joaquim Pessoa in 125 Poemas, 1982

publicado por soaresesilva às 19:36

link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De maripossa a 5 de Setembro de 2008 às 21:11
Olá Luísa. Sou a primeira e gostei da poesia,nos fala do povo e suas gentes como só, Joaquim Pessoa o faz.
Beijinho e bom fim semana Luísa
De Ana S a 7 de Setembro de 2008 às 12:16
O poema é giro mas faz-me lembrar qualquer coisa na biblia! Imagem interessante!
De Sindarin a 7 de Setembro de 2008 às 16:57
Querida amiga! qto tempo e peço mta desculpa, entretanto fracturei a mão esqª e´era difícil estar no pc agora estou melhor mas peço desculpa na mesma. Qto ao post pudesse eu erguer a minha casa assim como esta nas dunas mesmo ao vento e junto ao mar... O quadro é lindo o poema maravilhoso e vocês amigas são tão queridas k nunca vos esqueço...embora por vezes pareça (ñ é?) mas sinceramente não é mesmo! Mil bjs
De Jofre de Lima Monteiro Alves a 7 de Setembro de 2008 às 19:11
Como quem confessa merece perdão, confesso aqui: leio pouca poesia, e quando impelido por um mecanismo qualquer regressa a vontade de lê-la, vou sempre aos meus autores preferidos: Luís de Camões, António Gedeão, António Nobre e Florbela Espanca. E pronto, não saio daqui, deste círculo que me acorrenta e liga a estes autores. Do autor conheço notícias vagas da sua obra e o seu real mérito é aqui patente. Boa semana com tudo de bom.
De mfc a 7 de Setembro de 2008 às 20:19
Joaquim Pessoa é um poeta fantástico e... vivo!
De jo a 7 de Setembro de 2008 às 21:03
Joaquim Pessoa, tão esquecido, mas com poemas tão bonitos, como este.
De Praia da Claridade a 9 de Setembro de 2008 às 18:28
Luísa: de novo afastado do computador por alguns dias aqui regresso, fazendo votos que esteja tudo bem consigo e com a sua Família.
Encontrei aqui um lindo poema de Joaquim Pessoa, o qual muito me diz porque, como sabe, conheço todos estes encantos da beira-mar.
Agradeço os comentários deixados no meu último post sobre o desembarque das tropas em Buarcos. E também a recordação e as palavras amáveis sobre o "nosso encontro" através do blog da Marysol. Recordo com saudades de lhe ter alterado completamente o visual do blog dela e de também de ter contribuído um pouco, na medida do possível. no "Ecos do Tempo". Belos tempos e boas recordações de vários problemas que foram sendo resolvidos e que não esquecem, foi com muito gosto que tentei ajudar.
Beijinhos.
De Chicailheu a 10 de Setembro de 2008 às 19:02
Amiga
Sem dúvida um belo poema e uma imagem bela também!
beijokas e bom regresso!
Chicailheu
De Meg a 10 de Setembro de 2008 às 19:13
Mais um dos muitos e belos poemas de Joaquim Pessoa.
Imagem idílica, muito sugestiva.
Um abraço
De Sindarin a 13 de Setembro de 2008 às 19:37
Olá amiga! Venho agradecer o carinho dos comentários e deixar-te um grande beijinho e agradecer a vossa amizade por mim. Um bom f de semana e tudo de bom, obrigada mais uma vez.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Alenquer

. INVERNO

. Feliz Ano Novo

. ANIVERSÁRIO

. Cinismos de Verão

. NEVOEIROS DE SÃO PEDRO DE...

. COMPENSAÇÃO PERANTE A CRI...

. Homenagem a Rafael Bordal...

. CAPARICA

. Páscoa Feliz

.arquivos

. Junho 2013

. Janeiro 2012

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.links

.A última rosa

----
 
 

.Ecosdotempo



blogs SAPO

.subscrever feeds