Sábado, 29 de Novembro de 2008

A REALIDADE

Há muitos puristas em fotografia que acham que uma foto deve ficar tal e qual como a tirámos. Não concordo. Se há meios técnicos para "refazer" a realidade, por que não usá-los? Também os pintores ditos naturalistas, não copiavam a paisagem tal e qual a viam. Modificavam-na conforme o seu gosto ou, afinal, conforme o que os seus olhos queriam ver.

Assim sou eu com as fotografias. Se quero guardar uma paisagem de que gostei, porque não tirar os objectos que acho que a desfiguram?

 

Eu tenho a minha realidade e não a que os outros me impõem.

 

Pôr do sol visto do Jardim das Janelas Verdes.

Carros em primeiro plano e guindastes ao longe a desfigurar o quadro

 

Tirei os carros e os guindastes. A paisagem ficou de acordo com a minha sensibilidade.

 

Os sempre presentes guindates a estragar a beleza do rio e do casario

 

Tirei-os e o Tejo sobressaiu

 

Um belo navio de cruzeiro agredido por mais um guindaste

 

Não ficou muito mais bonito o navio em plena liberdade?

 

Os carros têm de estacionar em qualquer lugar mas logo aqui, à entrada do Museu?

 

Tirei-os

 

Alguém me pode acusar de deturpar a realidade se a minha realidade é esta?

 

Fotos Luisa

 

 

 

publicado por soaresesilva às 18:07

link do post | comentar | favorito
|
15 comentários:
De TiBéu ( Isa) a 29 de Novembro de 2008 às 22:53
Comcordo a 100% contigo, como fazes? trabalhas no Picasa? eu só tenho esse se for noutro podes dizer-me? bj
De padeiradealjubarrota a 29 de Novembro de 2008 às 23:51
Ainda bem que há várias realidades.
De skuba a 30 de Novembro de 2008 às 13:41
Concordo perfeitamente. Já me tenho deparado com um belo enquadramento, mas repleto de postes, placas de anúncios e se repararem bem, Lisboa está CHEIA de gruas, grandes, pequenas, postes dos partidos, etc etc etc Então não é melhor tirar esses "vírus" que na nossa imaginação e maneira bela de ver as coisas não fazem parte. Fazem parte de uma cidade, sim, mas não da nossa sensibilidade e maneira de ver, logo se existem esses meios é usá-los. Não concordo é com outras mudanças, de cor, formato, etc Tenho que arranjar esse seu programa, pq só tenho o PICASA e não faz nada disso.
mj

De Bia a 30 de Novembro de 2008 às 15:46
Eu também concordo, as paisagens e os lugares ficam mais bonitos sem os carros.
Bjs.
De mfc a 30 de Novembro de 2008 às 15:53
É inevitável concordar contigo.
De Milu a 30 de Novembro de 2008 às 18:33
Não estará o navio a navegar em áreas erradas? não será necessário o guindastre para as suas tarefas? importa estabelecer ´regras... para a boa convivencia.
De Meg a 1 de Dezembro de 2008 às 22:53
E não é que dou comigo a concordar contigo sem reticências!
Eu que não percebo nada de fotografia, rendo-me aos teus argumentos.

Um abraço
De jo a 2 de Dezembro de 2008 às 00:04
A sensibilidade não tem a ver com a realidade. Aqui nas fotos a realidade, quer queiramos ou não, tem carros, guidasres e outras coisas que, isso sim, pode ferir a nossa sensibilidade e então, porque não, usar instrumentos que podem transmitir aquilo de que gostariamos? Estou de acordo e e eu também aplico as novas tecnologias na fotografia, mas, quanto a mim tem de sse ter em conta o fim a que se destinam. Se quisermos pertuar a "realidade" para que conste, então temos de deixar lá tudo.
De paragembreve a 3 de Dezembro de 2008 às 23:06
Vim deixar um beijinho para as duas e dizer-lhes que, depois de uma longa ausência, estou de volta!
De amita a 4 de Dezembro de 2008 às 12:55
Todos procuramos as coisas belas que a vida nos oferece e, quando o homem as altera, porque não corrigi-las? Ficaram muito mais lindas as fotografias; tão lindas quanto a sua sensibilidade.
Um bjinho grande e uma flor
De Sindarin a 8 de Dezembro de 2008 às 15:16
Olá amigas queridas desculpem-me de andar ausente. Eu conheço mto bem este jardim e a sua linda paisagem. Os meus pais vivem perto e passava lá mtas vezes. Há coisas k podem diminuir um pouco o encanto da paisagem mas cabe-nos a nós abstrairmo-nos disso e olhar para além ou seja para a verdadeira beleza k as fotios encerram e tão bem captaste Luísa. Um imenso abraço e um grande beijo.
De Fallen Angel a 8 de Dezembro de 2008 às 18:55
Olá!
Tudo bem?
Aqui estou eu para anunciar mais uma criatividade minha, a poesia. Passa em http://poesiademarisocas.blogspot.com/ e deixa um comentário.
Beijinhos grandes e Feliz Natal.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Alenquer

. INVERNO

. Feliz Ano Novo

. ANIVERSÁRIO

. Cinismos de Verão

. NEVOEIROS DE SÃO PEDRO DE...

. COMPENSAÇÃO PERANTE A CRI...

. Homenagem a Rafael Bordal...

. CAPARICA

. Páscoa Feliz

.arquivos

. Junho 2013

. Janeiro 2012

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.links

.A última rosa

----
 
 

.Ecosdotempo



blogs SAPO

.subscrever feeds