Segunda-feira, 29 de Maio de 2006

Varandas e marquises

Inspirada num brilhante artigo, publicado em 16 de Maio deste ano, por Eu  no blog http://claronoescuro.blogspot.com/ , com o título À CONQUISTA DA VARANDA,  venho pôr à vossa consideração o problema das varandas transformadas em marquises. Se não se trata duma absoluta falta de espaço, acham que vale a pena alterar a arquitectura dum prédio, transformando-o numa verdadeira "caixa"?. Vejam os exemplos abaixo e  dêm a vossa opinião.

Que tesouros foi preciso esconder neste andar em ruinas?

 Que tal viver numa prisão?

Duas famílias diferentes: uma extrovertida, outra misteriosa...

Uma das poucas varandas que não se transformou em marquise...

Qual dos modelos preferem?

publicado por soaresesilva às 21:58

link do post | comentar | favorito
25 comentários:
De segundavida a 30 de Maio de 2006 às 23:41
Infelizmente é o que se tem visto por (quase) todo o país e eu também comungo da tua opinião "não gosto de ver". Também moro num andar e nem que me pagassem não fechava a minha varanda, porque gosto de ter (sentir) o ar a entrar, principalmente nos dias de calor, além de poder ter plantas de exterior e outras verduras, como salsa e hortelã.
De ZezinhoMota a 31 de Maio de 2006 às 11:13
Venho aqui anunciar um post especial que no meu cantinho e quero compartilhar com todos.
ZezinhoMota
De Zalinha a 31 de Maio de 2006 às 17:41
Bem é assim gaiola nem para os passarinhos...portanto nada como uma boa varanda aberta onde se pode apanhar ar: bjs
De oteudoceolhar a 31 de Maio de 2006 às 18:10
Boa tarde Luisa obrigada pela tua presença assídua no meu cantinho. Sem dúvida alguma prefiro a tua varanda com aquelas flores e aquelas cadeiras que dizes n fazer mal ás costas * Deixo um grande beijo n´oteudoceolhar continuação de boa semana **
De Elsita a 31 de Maio de 2006 às 19:05
oH Luisa!!!!!!!!!! Mas tambem que comparação!!!!!!! É quase comparar o cú com as calças! rsss. Pois a Luisa escolheu as marquises mais feias da cidade!!!!!!!!oh!!!Normalmente não se trata de estética, e sim de necessidade, quando isso acontece e eu estou a puxar a brasa à minha sardinha, pois fechei uma varanda por causa da minha cadelinha, pois quando chuvia, não dava!E assim até seca melhor a roupa. Nem toda a gente se pode dar ao "luxo" de ter uma varanda florida e maravilhosa como a da imagem, mas acredito que preferissem, claro, mas às vezes numa dessas marquises dorme mais um pequeno!rssss. Sejamos realistas, às vezes é uma questão de necessidade!Desta vez estás perdoada, e escolha lá o blog que mais gosta s.f.f. rsss, vá lá que tenho 3, dá para isso!!!rsss, boa semanita
De arodla2006 a 31 de Maio de 2006 às 20:46
Olá tenho andado sem net mas aqui estou. Prefiro a ultima sem rede de galinhas. Não entendo muito bem a mania das marquises será mesmo falta de espaço? ou a maneira das pessoas se esconderem do mundo? Beijinhos Aldora
De eternapartedemim a 1 de Junho de 2006 às 01:15
Olá!

Sem dúvida, que prefiro varandas a marquises.
Penso mesmo que estas deveriam ser proíbidas, principalmente as que têm cores e materiais diferentes, tirando toda a estética das fachadas dos prédios. É uma aberração!

Beijinhos Luísa, beijinhos Jo. Continuação de boa semana. *****

Lu Costa

De Castanheira Maia a 1 de Junho de 2006 às 06:21
eu gosto mais da tua varanda que é a última foto

fas-me lembrar um pouco a minha varanda em Abrantes
De jorge esteves a 1 de Junho de 2006 às 15:12
Reparo com toda a oportunidade, sem dúvida! Julgo que as razões subjacentes a este 'cisco' na Estética e na Urbanidade, passam de longe pelo argumento da 'falta de espaço' e giram, sobretudo, à roda da Educação, Civilidade, Respeito, Leis, etc. etc...
(alguns destes exemplos são dignos do célebre 'Portugal no seu melhor'...)

amizade,
jorgesteves
De Besnico di Roma a 1 de Junho de 2006 às 19:16
Penso que já comentei algo deste género, não sei onde !?
Mas no meu prédio sou olhado como um ser estranho, sou talvez o único que tem a varanda aberta, nem sei porquê?!... como paisagem só tenho o mar, desde a Baía de Cascais á Serra da Arrábida, Costica de Caparoca e a entrada do Tejo.
O melhor era fechar aquilo, por causa da aragem do mar não me fazer reumático nas unhas dos pés… e já agora, enfiar um saco de plástico preto na cabeça, atado no pescoço, para não apanhar frio nas orelhas.
Dizem os meus vizinhos: - Coitado, vidas destas… não chega para tudo, o gajo nem tem dinheiro para fechar a varanda. Tem um carro que é uma miséria, 5 anos e ainda não trocou, pois mas tem barco e casa no Algarve, não sei donde lhe venha ?!... varanda aberta, que fuleirice!
Seguem-se os cartões na caixa de correio, FECHAM-SE MARQUISES E VARANDAS – Orçamentos Grátis.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Alenquer

. INVERNO

. Feliz Ano Novo

. ANIVERSÁRIO

. Cinismos de Verão

. NEVOEIROS DE SÃO PEDRO DE...

. COMPENSAÇÃO PERANTE A CRI...

. Homenagem a Rafael Bordal...

. CAPARICA

. Páscoa Feliz

.arquivos

. Junho 2013

. Janeiro 2012

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds