Quinta-feira, 27 de Março de 2008

ANOITECE





Os montes quedaram
À espera da lua

E a casa - buracos
Abertos na tarde -
Esperou que surgisse
A noite quieta,
À espera da lua.


As árvores tombaram,
Quietas e verdes
No verde do rio
Correndo, quieto
À espera da lua.

O moinho geme
E voa, quieto
À espera da lua.
Eu danço quieta,
À espera da lua

(lembranças dum anoitecer na minha terra)




Fotos Luisa

 

publicado por soaresesilva às 21:32

link do post | comentar | favorito
20 comentários:
De Maria Papoila a 30 de Março de 2008 às 19:50
Que beleza de fotos e o poema! Venho retribuir a vsita e fiquei criança quieta à espera da lua que chegou na última foto! Beleza!
Beijos
De Peixoto a 30 de Março de 2008 às 20:07
A noite no descanso do(a) guerreiro(a)...
De Jorge G - O Sino da Aldeia a 31 de Março de 2008 às 11:50
Muito bonito este poema!

saudações.
Jorge P.G.</i<
De Magui a 31 de Março de 2008 às 23:12
Tudo muito bonito!! O sentimento ao ver estas fotos é de saudade!
De Oliver Pickwick a 1 de Abril de 2008 às 23:24
Este post está fascinante. A poesia, logo de início, "diz" a que veio, não guarda as emoções mais fortes para o gran finale: "Os montes quedaram / À espera da lua..." Uma estética bucólica, lê-se com prazer.
E a Luisa exibe a sua intimidade com as lentes, luzes e sombras.
O casarão da segunda fotografia é muito bonito. Aqui no Brasil, construções desse tipo são classificadas como do estilo neo-colonial. Ou colonial, se construídas em tal período.
Sempre soube que este blog é da Luisa e da Jo. Quem é Soares Silva? Acho que já perguntei isso antes.
Vejo que o player do Alberto Nepomuceno ainda continua. A propósito, quando tentava achar a tal canção da avó da Luisa, encontrei outras músicas deste maestro/compositor.
Beijos, e parabéns pela publicação!
De Meg a 2 de Abril de 2008 às 22:14
Só falta mesmo haver ali uma capela... que memória tão viva e enquadrada pelo poema.
Até dói

Um abraço
De Quico, Ventor e Pilantras a 2 de Abril de 2008 às 23:03
O Ventor também está sempre à espera da Lua! Sabes que a lua dança para o Ventor? Às vezes estou aqui no meu Miradouro a ouvir as râs ... e el diz: "ouves Quico, a sinfonia? Olha lá para cima! Ele diz-me que a lua dança para ele! Eu nem vejo bem, mas se calhar dança"!
Bjs.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Alenquer

. INVERNO

. Feliz Ano Novo

. ANIVERSÁRIO

. Cinismos de Verão

. NEVOEIROS DE SÃO PEDRO DE...

. COMPENSAÇÃO PERANTE A CRI...

. Homenagem a Rafael Bordal...

. CAPARICA

. Páscoa Feliz

.arquivos

. Junho 2013

. Janeiro 2012

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds