Domingo, 6 de Julho de 2008

A SOMBRA

 

 

 

    

Foto Luisa

 

 

A Sombra apareceu tenuamente
No canto da janela

Nessa tarde de Abril.
Foi crescendo devagar
Mas implacável
E cobriu tudo o que era claridade.

Abri o sol e a lua
Acendi velas e lareiras
Mas a Sombra apagou-as
E adormeceu-as na sua cor.

A Sombra estendeu-se triunfante
E o dia de sol

Tornou-se noite.

publicado por soaresesilva às 17:33

link do post | comentar | favorito
19 comentários:
De Magui a 10 de Julho de 2008 às 16:44
Que lindinho!!!!!!
De Maria Papoila a 10 de Julho de 2008 às 22:34
Olá!
Toda a luz tem sombra...
...que vejo na parede persegue-me
Conta-me segredos perdidos num baú
Sussurra-me lendas antigas
Mistura a ficção com a realidade
A sombra que vejo na parede ensina-me
Que o tempo sara as feridas
Mesmo que ainda doam na alma...
Beijo
De Anónimo a 10 de Julho de 2008 às 23:55
Lindo poema. Tão suave como a própria sombra.
Gostei também do comentário do Daniel
M.Lourdes
De ZezinhoMota a 11 de Julho de 2008 às 11:37
Na sombra te visito e na sombra me despeço!

Foi bonito a tua escolha.

Bom fim de semana.

Bjnhs

ZezinhoMota
De Fátima a 11 de Julho de 2008 às 18:24
Olá amiga! Deixei-te um convite para visitares o meu novo site: www.boasenergias.com

Espero que gostes!

Beijinhos de Luz ♥
De Chicailheu a 11 de Julho de 2008 às 21:51
Gostei deste poeminha: A sombra!..
Gosto as sombras das árvores e mesnos das outras sombras que nos "atormentam"!
Há sombras e sombras...
beijinhos e bom fim de semana.

Chicailheu
De amita a 15 de Julho de 2008 às 12:22
Na simplicidade das palavras existe uma profundidade inesperada. A luz e a sombra, elementos constantes da escada da vida. Há que seguir em frente mesmo quando pelo caminho não nos apercebemos do brilho que sempre existe.
Adorei o poema e a fotografia.
Um bjinho grande e uma flor
De Praia da Claridade a 16 de Julho de 2008 às 19:52
Com tanto calor que faz por aqui sabe bem ler este poema... refresca...
De Jofre de Lima Monteiro Alves a 20 de Julho de 2008 às 18:31
Por defeito meu, claro, não conhecia esta faceta, com uma prosa poética de excelente qualidade e fina sensibilidade. Fiquei agradado. Boa semana.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Alenquer

. INVERNO

. Feliz Ano Novo

. ANIVERSÁRIO

. Cinismos de Verão

. NEVOEIROS DE SÃO PEDRO DE...

. COMPENSAÇÃO PERANTE A CRI...

. Homenagem a Rafael Bordal...

. CAPARICA

. Páscoa Feliz

.arquivos

. Junho 2013

. Janeiro 2012

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds